14/12/2017

para meu pai - diários de luto #4

eu não achei que escreveria um post desses tão cedo, mas como a gente já aprendeu, nem sempre as coisas acontecem da forma que a gente planeja. essa é uma dessas coisas que fogem do nosso controle, acontecem, te derrubam e você fica para trás, tentando juntar os cacos. 

como já contei por aqui, minha mãe faleceu no dia 26 de janeiro deste ano. nessa mesma época, meu pai já estava doente e aos poucos, ao longo dos últimos 11 meses fomos percebendo uma piora em seu estado de saúde. tudo chegou ao fim no dia 8 de dezembro de 2017, quando ele também nos deixou.

difícil colocar em palavras o que passa na cabeça em um momento desses. perder pai ou mãe é um desafio e tanto na vida, mas perder os dois no mesmo ano é algo que ultrapassa qualquer entendimento.  

não é que eu me sinta sozinha, pois longe disso, estou rodeada de pessoas totalmente incríveis e que me acolhem diariamente... mas o vazio é gigante e quando penso em tudo que ainda tenho para viver sem eles, nesse momento sim, me sinto só.

não sabia muito bem como e o que escreveria nesse texto, mas senti a necessidade de justificar meu sumiço e a óbvia interrupção do beuc. meu fim do ano vai ser assim: vida seguindo como pode e aproveitando esse tempo para cuidar de mim! estarei aqui, mas não todos os dias como havia planejado anteriormente. sigo com minhas leituras e ontem até publiquei uma resenha (bem chinfrim) de tartarugas até lá embaixo. 

meu ano ano já começou.

2 comentários:

  1. ai, sinto muito, Ana, sei como é a dor de perder pessoas amadas :c
    não sinta a obrigação de ficar no blog, cuide do seu coração e dos seus dias <3

    Com amor, ♥ Bruna Morgan

    ResponderExcluir
  2. Ana, sinto muito! Nada do que eu disser pode minimizar essa dor que você está sentindo, sei porque já perdi pessoas que eram parte da base da minha vida, mas sei que você tem força para ir passando por isso da melhor forma possível. Você já sabe que demora, que dói, mas com o tempo a dor muda para uma saudade que às vezes até aquece o coração, por ser repleta de amor! Te desejo muita paz e força, e continuarei por aqui quando você tiver vontade de escrever. Um beijo em seu coração. Bjs, <3

    ResponderExcluir

obrigada pelo comentário! respondo e visito todos os links que deixam aqui :)