Diários de viagem #4: para beber cerveja

Eu não me considero a maior cervejeira desse Brasilzão, mas aprecio um suco de cevada vez ou outra. Meu negócio mesmo é vinho, mas como beber essa belezinha custa caro em restaurantes, o jeito é apelar para o drink mais popular, né?

Bom, enquanto estávamos em Toronto, tivemos a oportunidade de beber MUITA cerveja e acho que 4 lugares merecem menção honrosa. Vem comeeego!

Steam Whistle


Steam Whistle é uma cerveja local: nascida em produzida em Toronto. A fábrica ficava do lado de onde estávamos hospedados (em frente a CN Tower e o Ripley's) e além de bar, eles também oferecem um tour guiado sensacional para que a gente conheça todo o processo de produção deles. O melhor? Durante o tour você bebe de graça. Lindo, né? O bar também é superbacana, tem um ambiente bem industrial e em cada mesa, eles disponibilizam opções de jogos de tabuleiro. Dá para perder umas boas horas por lá!

WVRST



O WVURST é um bar alemão concorridíssimo, mas que vale cada minuto de espera na fila. No melhor estilo mesas coletivas, você tem a opção de pedir e pagar direto no bar, ou "abrir" uma conta e fechar ao final. As opções de cerveja são infinitas, os preços são bem honestos e as comidas, olha, são uma atração à parte. Vai ser parada obrigatória quando eu voltar à cidade!



Bier Markt


O Bier Markt é um bar de cerveja enorme, com telão para transmissão de jogos e um ambiente super aconchegante. As comidas também são gostosas, mas demos azar com as onion rings que vieram extremamente gordurosas e não conseguimos comer tudo. Fora isso, cerveja gelada, atendimento bacana e mais uma vez, preços legais. Vale a visita! Fomos num dia de muuuuito frio e era quase impossível andar na rua, mas o sacrifício foi recompensado.


Mill St. Brewery


A Mill St. fica no Distillery  Historic District (farei um post à parte, pois merece) e é apenas um dos muitos estabelecimentos que existem por lá. Nos lembrou bastante a atmosfera da Steam Whitsle, inclusive com produção local, mas tem mais jeitão de restaurante. Aproveitamos para tomar uma cerveja e almoçar. O passeio valeu ainda mais a pena, pois foi o primeiro dia de neve que pegamos por lá e foi lindo (voltar a pé pra casa depois, not so much) <3




3 comentários:

  1. Há um ano atrás, mais ou menos, comecei a gostar de cerveja, mas antes não suportava. Engraçado como as coisas mudam.
    Achei o WVRUST mega atrativo, acho que pelo nome e pela comida que me encheu os olhos! Essas experiências parecem ter sido maravilhosas, espero fazer algo parecido e ampliar meu paladar "cervejeiro" hahaha (:

    um beijo,
    acid-baby.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Eu também prefiro vinho e não gosto muito de cerveja, apenas algumas cervejas pretas hauhua
    As fotos ficaram maravilhosas *-* amo fotos de experiências de viagem <3 <3

    Com amor, ♥ Bruna Morgan

    ResponderExcluir
  3. conhecer produção de cerveja do lugar enquanto bebe de graça, não tem como ser ruim né? HAHAHAHA eu que nem cerveja bebo fiquei no mínimo curiosa :)

    ResponderExcluir

obrigada pelo comentário! respondo e visito todos os links que deixam aqui :)

ttc // a teoria de todas as coisas © 2018. Todos os direitos reservados. Tecnologia do Blogger.