Uma série para te viciar: Riverdale


Eu acho que já perdi as contas de quantas vezes passei por Riverdale no menu da Netflix e sequer parei para ler a sinopse. Achei a série com muita carinha adolescente e por isso, tinha certeza de que não era pra mim.

Hoje vem aqui dizer que eu estava completamente enganada. Graças à indicação de uma cunhada, sentei para assistir a série e foram logo 4 episódios de uma só vez! 

Riverdale traz uma abordagem subversiva de Archie (KJ Apa), Betty (Lili Reinhart), Veronica (Camila Mendes), Jughead Jones (Cole Sprouse), Josie (Ashleigh Murray) e seus amigos, explorando o surrealismo de uma pequena cidade e seus curiosos habitantes. A história começa quando a cidade se recupera de uma trágica perda, o que leva Archie a pensar mais seriamente a respeito de seu futuro. Com isto, ele embarca em uma jornada em busca de realizar o seu sonho de tornar um grande músico; mas cumprir essa missão não será nada fácil, enquanto Archie ainda precisa lidar com sua agitada vida amorosa, dividido entre Betty e Veronica. (Via)

Sim, a série segue vários clichês de narrativas adolescentes americanas, apresenta elementos bastante questionáveis (tipo a relação de um adolescente - menor de idade - e sua professora), mas consegue sair da mesmice com boas pitadas de mistério na trama. Não é o tipo de história que dê nós na sua cabeça, ou que te faça passar horas refletindo... mas com certeza é uma trama que te envolve e te vicia em poucos minutos.

Baseada na HQ A Turma de Archie, o interessante da série é o fato dela não se limitar à sua classificação infanto-juvenil. O terror é bem explorado e não há embelezamento das tramas mais assustadoras.

No lado negativo, a gente tem a sensação de que alguns episódios incluem informações em excesso e isso se bastante cansativo com o decorrer do tempo, pois a trama central acaba ficando esquecida e perde um pouco de seu clímax.

 Mesmo assim, é muito difícil não se apegar aos dramas das personagens e se envolver com o mistério que envolve a história da série. Na Netflix, somente a primeira temporada (com 13 episódios) está disponível, mas a segunda temporada estreou nos EUA em outubro do ano passado e conta com 22 episódios. Outra boa notícia é que há poucos dias, a CW (emissora responsável pela transmissão da série na TV) confirmou uma terceira temporada.


5 comentários:

  1. Assisti a série rapidinho. Comecei com o pé atrás, mas também gostei do desenrolar e do mistério que criaram. Não sabia que era baseada em uma HQ, que legal!

    ResponderExcluir
  2. Oi Ana, jura que não é muito teen? Eu assisti o trailer e fiquei com um pé atrás...

    Beijo, beijo :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então, os elementos teen são realmente teens hahahaha eu acabo tolerando pq sou muito fã do mistério!

      Excluir
  3. mds eu to muito viciado

    ResponderExcluir
  4. Não sabia que tinha sido baseada numa HQ!
    E eu passei pela mesma situação, não tinha visto antes justamente por achar a apresentação muito teen

    Com amor, ♥ Bruna Morgan

    ResponderExcluir

obrigada pelo comentário! respondo e visito todos os links que deixam aqui :)

ttc // a teoria de todas as coisas © 2018. Todos os direitos reservados. Tecnologia do Blogger.