Para assistir e não levar a sério: Happy Death Day


Lançado em outubro de 2017, o terror slasher A Morte Te Dá Parabéns (Happy Death Day) apresenta uma narrativa já bastante conhecida: a mocinha que é perseguida por um assassino mascarado e luta por sua vida. Produzido com um orçamento de apenas US$ 5 milhões, o longa foi um fenômeno das bilheterias, arrecadando US$ 115 milhões em todo o mundo!

Longe, muito longe de ser uma trama complexa, o filme traz a universitária Teresa “Tree” Gelbman como personagem central. A estudante do curso de medicina é integrante de uma república feminina repleta de seus clichês: uma casa cheia de garotas belas e fúteis comandadas por uma verdadeira mean girl.

Tree é assassinada no dia do seu aniversário e a cada vez que é morta, acorda e revive o mesmo dia, de novo e de novo, tendo não só a oportunidade de descobrir a identidade de seu algoz, mas também de corrigir alguns erros que comete em sua vida.

Impossível não captar um vibe Pânico (1996) no ar e para quem também é fã do gênero, a nostalgia bate forte! Um terror com pitadas de comédia e elementos clichês se misturam à evolução da protagonista, fazendo com que o filme se torne uma produção agradável e leve de ser assistida, ainda que estejamos falando de uma história que envolve morte e violência. Se no início não gostamos de Tree, ao final, estamos cada vez mais conectados a ela!

Sem grandes pretensões, o filme cumpre seus objetivos.

Assista ao trailer legendado:

Nenhum comentário:

obrigada pelo comentário! respondo e visito todos os links que deixam aqui :)

ttc // a teoria de todas as coisas © 2018. Todos os direitos reservados. Tecnologia do Blogger.